Beyblade: Metal Fusion

Por Mario Toledo em 28 de junho de 2010



É muito difícil alguém não conhecer a palavra "Beyblade", principalmente aqui no Brasil. Só é uma pena que a primeira coisa que vem em nossa cabeça, é uma abertura do anime reproduzido pela TV Globo e pela Fox Kids, com uma tentativa de colocar uma música de abertura broxante bizarra, e que depois de escutar, fica na sua cabeça durante horas . Caso alguém queira se arriscar, abaixo o vídeo da abertura do anime no Brasil:



Muitos jogos da franquia Beyblade já foram lançados para outros consoles. Para PSone, tínhamos uma tentativa de reprodução em 3D do anime, com uma jogabilidade complicada pelos analógicos. Os jogos eram quase a mesma coisa. Você lançava sua beyblade com uma determinada força, variando com efeito ou com especial. Seu objetivo era colocar seu adversário para fora, ou "lutar" até que uma de suas Beyblades parassem de lutar. O jogo era cansativo e enjoava rapidamente.

Em sua versão para o Game Boy Advance, uma quase cópia de Pokémon foi lançada. Você agora podia controlar Tyson, o herói do anime/manga, em uma espécie de RPG, onde você podia percorrer o mundo, enfrentando "Treinadores de Beyblades", ganhando experiência, e subindo de level.
As batalhas, apesar e seguirem a mesma linha do jogo do PSone, melhoraram um pouco, com uma área maior para jogar, controlando sua beyblade pelos direcionais do GBA.

Anunciando pela Hudson, Beyblade: Metal Fusion trará algumas novidades em cima da engine de jogos antiga.

O jogo se baseará na nova (velha) versão do anime, Metal Fusion. Por este fato, vários personagens do anime, como Ginga, poderão ser encontrados no jogo.
Seus gráficos estão melhores, principalmente em relação ao sistema de batalha. Este, que também sofreram algumas alterações, enfrentando batalhas mais rápidas, com mais ação, e com alguns recursos novos, como especiais e aumento de ataque.
Outra novidade é que agora, você deverá enfrentar até 4 beyblades em campo, diferente dos jogos anteriores onde eram 1 contra 1.
Por este recurso, esperamos batalhas em equipe, 4 contra 4, ou um sistema de parceria, e provavelmente, o recurso multiplayer em até 4 jogares simultaneamente via Wireless.



Além destas novidades, também temos a opção de costumização da beyblade. Esta opção já era válida desde jogos anteriores. Após enfrentar alguns adversários, você pode adquirir novas peças para sua Beyblade, podendo alterá-la da forma desejada. Fazendo isto, os atributos de sua Beyblade também serão alterados, como o aumento do ataque, da defesa ou stamina. Algumas implementações de algo mais "realístico" foram feitas, como o fato da escolha de uma peça mais pesada causar um efeito que diminua o total rotações máximas da Beyblade.




O jogo tem sua previsão de lançamento de sua versão ocidental para 30 de dezembro de 2010. E como não pode faltar em qualquer esteriótipo de Beyblade, tenho que falar: Let It Rip!
Abaixo, o trailer oficial do jogo: