[Retrô] [SNES] Rock 'N Roll Racing

Por Érika Honda em 17 de novembro de 2011

Bom dia e bem-vindos, amigos leitores! Hoje falaremos e lembraremos de um jogo de corrida que dificilmente passa-se despercebido, com itens, bônus, onde atrapalhar o corredor adversário faz parte da estratégia. Não, não estamos falando de Mario Kart! Apresento para os que não o conhecem: Rock 'N Roll Racing. Um jogo de corrida onde a pista vira um campo de guerra e estratégia e a corrida praticamente fica em segundo plano! Para os que já conhecem, apreciemos o post ao bom som de 'Paranoid', versão Rock 'N Roll Racing! Por que não?





Origem e Desenvolvimento


Desenvolvido pela Silicon & Synapse, a atual Blizzard Entertainment, e distribuído pela Interplay, Rock 'N Roll Racing chegou aos consoles do Super Nintendo em 1993, posteriormente sendo lançado também para Mega Drive.

Inicialmente, o jogo seria uma sequência de um outro jogo de corrida, também da Silicon & Synapse, chamado RPM Racing. Como no fim diversas músicas licenciadas foram utilizadas, tornando-se o símbolo característico do jogo, seu nome foi alterado para Rock 'N Roll Racing, fazendo referência a trilha sonora de fundo encontrada por todo o jogo.



À esquerda temos RPM Racing e à direita, Rock 'N Roll Racing. O segundo permitiu mais detalhes e variedade de cores para o jogo.

Os dois jogos se diferem em gráficos. RPM Racing foi focado em gráficos de alta resolução ricamente detalhado, isso acabou comprometendo a variedade de cores permitida no jogo e a variedade de gráficos na tela devido a limitações de memória. Por esse motivo a sua sequência foi desenvolvida em menor resolução, porém permitindo uma liberdade e utilização muito maior de detalhes gráficos e cores mais vibrantes e variadas. Porém, ambos os jogos compartilham da vista isométrica e de outras semelhanças gráficas e de jogabilidade.


Sobre o jogo



Rock 'N Roll Racing é um jogo típico de corrida, com pistas, circuitos e um objetivo: ser o melhor corredor. Seguindos os moldes da diversão de jogos de corrida não-realistas, temos itens de bônus, itens que atrapalham os adversários, melhoria de carros e aquela vontade louca de derrubar seu amigo da pista! O modo multijogador permite que até dois jogadores possam dividir a pista e a tela do jogo, sendo quatro corredores por corrida.

Uma característica interessante é a visão isométrica do jogo, permitindo visualizar com clareza desníveis e descidas presentes na pista. Esse tipo de visão dá ao jogador uma ideia mais geral dos acontecimentos ao seu redor, de inimigos que estão na sua cola e não somente a sua frente.

O jogo é focado em ataque e investida contra adversários. Os jogadores são recompensados a cada ataque fatal em outro corredor.


Derrubar outro jogador da pista pode ser a pior das ameaças, já que a vida de cada jogador é recuperada alguns momentos após sofrer um ataque dentro da pista.

Para apimentar ainda mais essa corrida nada justa, as pistas são populadas com itens de bônus, "power-ups" e bônus de vida, além de óleo, lava e outras desagradáveis surpresas aos pobres veículos.

O objetivo do jogador é vencer as corridas da divisão em que se encontra e, após vencer as duas divisões do planeta atual, partir para o próximo planeta.

Ao término de cada corrida, o jogador poderá gastar o dinheiro recebido em melhorias no seu veículo bem como investimento em mais armamento pesado. Força de ataque e defesa são fundamentais nesse jogo de sobrevivência sobre quatro rodas.

O jogo ainda conta com a hilária narração de Larry "Supermouth" Huffman, com frases célebres como "Que comece a carnificina!". Em seu tom entusiasmado adicionando mais emoção e adrenalina ao jogo.

Vejam abaixo um vídeo que demonstra bem como o jogo funciona, desde sua tela de seleção de personagens.


Jogar com essa trilha sonora dá ou não dá mais emoção para o jogo?


Personagens


Os "heróis" são os personagens selecionáveis para o jogador escolher no início do jogo. Seis personagens estão disponíveis logo no início do jogo, sendo cada um representante de um planeta. Snake Sanders do planeta Terra, Tarquinn do planeta Aurora, Jake Badlands do planeta Xeno Prime, Katarina Lyons do planeta Panteros V, Ivanzypher do planeta Fleagull, Cyberhawk do planeta Serpentis.

Cada um desses personagens possui bônus em duas das quatro habilidades que definem as capacidades de cada veículo, tais como aceleração, velocidade máxima, salto e curvas.

Existe ainda um personagem extra escondido que é obtido após efetuar uma certa sequência de botões na tela de seleção de personagens. Esse personagem chama-se Olaf, do planeta Valhalla, e é uma referência ao personagem de mesmo nome de outro jogo dos mesmos desenvolvedores de Rock 'N Roll Racing, The Lost Vikings. Olaf possui o diferencial de ter bônus em três habilidades, e não duas como os outros personagens.


Um segundo personagem escondido é obtido somente através de senha, na tela de inserção de código, e não possui nome nem foto, apesar de ser chamado as vezes de "Phantom". Esse personagem misterioso possui bônus em todas as quatro habilidades, garantindo-lhe a melhor performance técnica dentre todos os personagens.

Os "vilões" são os oponentes controlados pela IA (Inteligência Artificial) do jogo. Cada planeta irá receber o jogador com o seu corredor local, sendo que Rip e Shred não são exclusivos a planetas e podem aparecer em diversas pistas diferentes.

Viper Mackay do planeta Chem VI, Grinder X19 do planeta Drakonis, Ragewortt do planeta Bogmire, Roadkill Kelly do planeta New Mojave, Butcher Icebone do planeta Nho, J.B. Slash do planeta Inferno, Rip e Shred.

"Inferno" é um planeta acessível após efetuar uma sequência de botões na seleção de planetas, assim como foi feito com Olaf.

Muitos dos personagens e locais tiveram seus nomes inspirados em grandes ícones do Hard Rock, fazendo homenagens a vocalistas, guitarristas, bandas, etc. Snake Sanders, por exemplo, foi baseado no vocalista de Whitesnake, David Coverdale. Muitas outras referências existem por todo o jogo.


Senhas e Saves


O jogo guarda o progresso do jogador através de senha, ou password. Uma senha complexa é gerada pelo jogo e possui informações diversas do personagem, como seu progresso, veículos e melhorias, cores, planetas e divisões, dinheiro, etc. Como é de se imaginar, o uso de senhas acaba permitindo ao jogador acessar partes avançadas do jogo ou "adulterar" seu progresso caso ele tenha acesso a determinadas senhas.

Senhas também limitam as informações que podem ser armazenadas sobre o progresso do jogo. Apesar de ser possível o jogador obter mais de $999,999 em dinheiro no jogo, caso ele tenha mais que isso e gere a senha o jogo, o mesmo irá truncar o valor. Ou seja, caso o jogador possua $2050.00 e gere a senha. após inserir o código o jogador poderá desfrutar apenas de $ 50,00! Um tanto desanimador para os desavisados!


Trilha Sonora


Por fim, a trilha sonora! O jogo é muito bem lembrado pela trilha sonora marcante que acompanha todo o jogo. Cada corrida tem em plano de fundo uma versão instrumental de músicas conhecidas de hard rock.

São cinco músicas que agradam o público até hoje, sendo que a versão de Mega Drive ainda possui uma sexta música.

Paranoid - Black Sabbath

Born to Be Wild - Steppenwolf


Highway Star - Deep Purple

The Peter Gunn Theme - Henry Mancini


Radar Love - Golden Earring (somente para Mega Drive)


Por fim...


Em seu lançamento, o jogo foi muito bem recebido pelo público e foi nomeado como Melhor Jogo de Corrida de 1993 pela EGM (Electronic Gaming Monthly).

Seu sucesso originou uma sequência, entitulada Rock & Roll Racing 2: Red Asphalt, para Playstation. Essa sequência herdou pouco das características e jogabilidade do original, e foi um dos fatores por não garantir o mesmo sucesso que o primeiro.

Em 2003, Rock 'N Roll Racing foi adaptado para rodar em Game Boy Advance.

E então, vai perder a oportunidade de conhecer esse jogo? Não deixe
de passar na sala da N Party nos eventos em que estamos presentes!